Efetivação de Rogério Cruz na prefeitura deixa a cidade sem vice

Historiador Givaldo Corcinio lembrou que na gestão Iris, isso também ocorreu porque o vice deixou o cargo

O professor Givaldo Corcinio, doutor em História, destacou o legado político-administrativo deixado pelo ex-prefeito licenciado de Goiânia e ex-governador Maguito Vilela, ressaltando que ele foi muito ativo, teve muita força em Goiás e no Brasil, na política e na gestão pública. Em entrevista ao programa O Mundo em Sua Casa, das rádios Brasil Central AM e RBC FM, o professor lembrou que Maguito teve participação importante na Constituinte de 1987/1988, como parlamentar na época. E também como governador de Goiás, alcançado na ocasião uma popularidade considerável.

Conforme ainda Corcinio, Maguito Vilela foi alguém que teve papel de destaque no âmbito do MDB, sem, contudo, confrontar ou suplantar a maior liderança do partido que é Iris Rezende. “Maguito era alguém que trabalhava muito próximo de Iris, inclusive como vice-governador e fazendo articulações com ele”, reforça. O professor ressalta que o partido recebe um golpe forte no momento, com o afastamento de suas maiores lideranças. O ex-prefeito Iris, por vontade própria, e agora Maguito Vilela, que perde a vida em decorrência da Covid-19.

Novo quadro

Givaldo Corcinio analisa também o novo quadro político-administrativo decorrente desses fatores. Segundo ele, o vice-eleito Rogério Cruz, que vinha atuando como representante de Maguito na Prefeitura, agora assume de fato e de direito. “Na verdade, Rogério Cruz é ainda uma incógnita, como político e como administrador. Não temos claramente como será o seu alinhamento, como ele e o partido dele (Republicanos) vão se organizar”, ressaltou o professor, acrescentando que os projetos e obras deixadas pela gestão Iris terão continuidade. Porém, será preciso esperar para ver como será a gestão de Rogério Cruz após esta fase.

Sobre a possibilidade de o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, tornar-se um novo líder com projeção no Estado e dar continuidade à ‘marca’ Vilela, Givaldo Corcinio disse que Mendanha tem uma liderança grande em Aparecida, principalmente após receber o apoio e a força de Maguito Vilela. Contudo, também é preciso considerar que existe uma espécie de sucessão familiar, na qual se destaca o próprio filho de Maguito, Daniel Vilela, atual presidente do MDB. “Precisaremos mais tempo para saber como será o novo quadro político-partidário e administrativo”, arrematou.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.