Economista dá dicas sobre como se organizar financeiramente para 2021

Danilo Orsida disse que é preciso fazer um planejamento de ganhos e despesas, evitar comprar supérfluos e focar na prudência com os gastos

Entrevistado hoje, 21/12, pelos jornalistas Gil Bomfim e Paulo Henrique Santos, no programa O Mundo em Sua Casa, das rádios Brasil Central AM e RBC FM, o economista Danilo Orsida deu dicas de como proceder para não entrar o ano com problemas financeiros maiores. Segundo ele, é preciso fazer um planejamento rígido de ganhos e despesas, gastar com parcimônia, ter muita prudência com seu dinheiro e evitar comprar coisas supérfluas, aquelas que não se encaixam nas primeiras necessidades de uma pessoa e/ou de uma família.

“O país vive um cenário de recuperação econômica e nós vivemos um ano de 2020 um período de incertezas, em razão de uma crise sanitária, que resultou numa crise econômica”, observou, acrescentando que isso gerou reflexos em relação ao emprego, inflação e é um ano que requer preocupações. Medidas para se preparar para o ano de 2021, que vem com a renovação inclusive das contas, como IPVA, IPTU, ele acredita que “o segredo está na capacidade de se organizar e se planejar para essas contas, que já inclusive são previstas e não temos como fugir delas”.

Planejamento e prudência

Explicou que é preciso fazer um controle de receitas e despesas, “fazer um planejamento, para saber a direção que estará seguindo, podendo usar o método antigo, do papel e caneta, com as planilhas e aplicativos, que temos inúmeros, e o próprio cartão de crédito, que faz esse controle da natureza dos gastos. É importante ter em mente que a renda do cartão de crédito não é uma renda extra”, assinalou, observando que a palavra fundamental a se seguir é a prudência, porque o cenário é de crise econômica, e evitar, especialmente, o consumo de coisas supérfluas.

Lembrou a necessidade de usar bem o 13º salário, apesar de este ano o volume dele na economia ser menor, isso porque com a pandemia muitos trabalhadores foram dispensados e outros estão recebendo uma quantia proporcional. Disse que até nas despesas básicas, como água, luz e comida houve uma inflação significativa, por isso é também importante economizar nessas despesas.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.