Começa período de piracema em Goiás

Jornal Brasil Central Edição da Noite recebeu o titular da Delegacia do Meio Ambiente (Dema) para falar das restrições do período 

Teve início em Goiás a piracema, que se estende de 1º de novembro a 28 de fevereiro de 2023. Neste período a pesca  é proibida para proteger o ciclo reprodutivo dos peixes. Para esclarecer as restrições da temporada, o Jornal Brasil Central Edição da Noite desta quinta-feira (3) recebeu o titular da Delegacia do Meio Ambiente (Dema), Luziano Carvalho. Ele afirmou que durante a piracema fica permitida apenas a pesca esportiva, que depende de licença prévia, além da atividade de subsistência dos ribeirinhos. “É proibido pescar. Pesca esportiva é exceção, porque o ideal é não poder pescar. O melhor fiscal é a consciência de cada um”, enfatizou.

O delegado também esclareceu que a pesca irregular neste período é crime, com pena de 3 anos de reclusão e multa. A fiscalização da atividade fica por conta da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), com apoio do Batalhão Ambiental e toda a estrutura da Polícia Civil. 

A Operação Guardiões do Bioma Cerrado, que investiga o desmatamento ilegal, também foi tema da conversa ao vivo. Luziano falou da importância da prevenção, para paralisar danos, muitas vezes, irreversíveis. “Não podemos destruir nossos recursos naturais, em especial as APPs - áreas de preservação permanentes. Os próximos 5 anos pode ser ainda mais grave se continuar essa avalanche de destruição das nossas veredas, lagoas naturais e APPs”, alertou. 

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.