CNH Social tem mais de 40 mil candidatos a 4.014 vagas

Coordenadora do programa no Detran, Ednalva Garcia explicou os critérios de classificação dos beneficiados no TBC

Com inscrições encerradas neste domingo (18), o programa CNH Social registrou mais de 40 mil inscritos para as 4.014 vagas disponíveis. O novo programa vai isentar motoristas dos custos de obter, mudar ou adicionar uma categoria à habilitação. A lista dos classificados será divulgada no próximo dia 30. 

O programa prevê três modalidades de classificação: estudantil, urbana e rural. O governo de Goiás, por meio do Detran, vai investir R$ 7,47 milhões para beneficiar 1.206 pessoas com CNH categoria “A” (motocicleta), 804 para categoria “B” (automóvel), 501 para adição de categoria “A”, 501 para adição de categoria “B” e 1.002 para mudança de categoria “B” para “D” (ônibus).

Para comentar o assunto, o telejornal TBC 1 recebeu nesta segunda-feira (19) a coordenadora do programa no Detran, Ednalva Garcia. Ela conversou com a apresentadora Eva Taucci na coluna Bate-papo do Dia e falou que o número de inscritos superou as expectativas do órgão, além de explicar os critérios que definirão os contemplados no programa.

“Na categoria estudantil, os estudantes que cursaram os três últimos anos em escola estadual, o critério de desempate é a nota. Para as outras modalidades serão obedecidos [os critérios] de menor renda familiar per capita, número maior de componentes, se ele possui Bolsa Família, data e hora da inscrição e maior idade”, disse Ednalva Garcia.   

Confira a entrevista completa:

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnologicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.