Caso Lázaro Barbosa e apoio aos atletas goianos foram temas do Boa Noite Goiás

Delegado-Geral da Polícia Civil, Alexandre Lourenço, e secretário de Estado de Esporte e Lazer, Henderson Rodrigues, foram os entrevistados do programa

O caso Lázaro Barbosa e o apoio do Governo do Estado aos atletas goianos foram os temas da edição do programa Boa Noite Goiás desta quarta-feira, 28. O apresentador Paulo Beringhs recebeu, no estúdio da TV Brasil Central, o delegado-geral da Polícia Civil, Alexandre Lourenço, e o secretário de Estado de Esporte e Lazer, Henderson Rodrigues.

O delegado-geral falou sobre o caso do criminoso Lázaro Barbosa, que trouxe muita preocupação para as autoridades goianas de segurança pública devido ao nível de violência que ele empreendeu na região de Cocalzinho de Goiás. Alexandre Lourenço informou que foram encerrados 11 inquéritos policiais diferentes sobre o caso, que tratam desde a participação de terceiros na fuga e ocultação de paradeiro, até os crimes praticados por Lázaro dentro do Estado.

Conforme o delegado-geral da PC, ainda permanecem uma investigação que trata basicamente da captura do criminoso, e também alguns levantamentos e investigações visando aprofundar a participação de outras pessoas para ocultar e dificultar os trabalhos da polícia naquela perseguição; e com relação aos objetivos delas.

Ele reforçou que, nesse momento, a polícia tem desenvolvido trabalho “com bastante afinco” no intuito de verem levadas à Justiça as pessoas responsáveis por apoiar Lázaro. Um dos propósitos, esclareceu, é buscar a reparação financeira do Estado com relação aos gastos que foram realizados naquela operação, que teve como objetivo principal também proteger mais de 5 mil famílias da região.

Lembrou que a operação policial “não custou pouco”, embora o valor das vidas poupadas seja incalculável, mas foi valor tirado do patrimônio público e será buscado de volta. ”O Governo do Estado vai buscar a reparação em relação aos gastos que teve com a operação. Vamos encaminhar toda a documentação para a Procuradoria Geral do Estado (PGE). Dentro dos procedimentos criminais também já serão solicitados bloqueios de bens nesse sentido”, declarou.

Esporte

Durante sua entrevista, o secretário de Estado de Esporte e Lazer, Henderson Rodrigues, falou sobre o programa Pró-Atleta, no qual o Governo do Estado investe em atletas de mais de 25 modalidades esportivas. Atualmente são cerca de 600 atletas goianos recebendo a bolsa do Pró Atleta. Ele explicou que os beneficiados são indicados pelas federações esportivas, por meio de rankings.  Os atletas recebem parcelas mensais de R$ 250,00, R$ 500,00 ou R$ 750,00. “É de lá (das federações) que a gente está buscando os atletas para representar Goiás nas Olimpíadas e Paralimpíadas”, destacou.

Henderson Rodrigues anunciou que o edital para novas inscrições do Pró-Atleta está sendo elaborado e será aberto de outubro para novembro. Falou também sobre os Jogos Abertos e a expectativa a respeito da resolução da questão sanitária. Mas adiantou que o planejamento está todo feito. Serão 25 modalidades esportivas a serem disputadas em 14 cidades classificatórias, com vencedores que irão se enfrentar em seis cidades regionais e a etapa final das modalidades em Goiânia.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.