Canal do YouTube da TV Brasil Central atinge a marca de 100 mil seguidores

Com a proposta de oferecer sua programação também nas mídias digitais, a emissora vem conquistando diariamente novos seguidores na plataforma de compartilhamento de vídeos

Nesta terça-feira, 25, o canal Youtube da TV Brasil Central registrou a marca de 100 mil seguidores e a tendência é que esse número cresça cada vez mais. A emissora de TV da Agência Brasil Central (ABC) tem disponibilizado em seu canal na plataforma de compartilhamento de vídeos mais popular do planeta seus programas jornalísticos, esportivos e de entretenimento, além de promover a transmissão ao vivo de seus telejornais e outras atrações.

O presidente da ABC, Reginaldo Júnior, comemorou o marco histórico dos 100 mil seguidores, mas adiantou que logo serão 200 mil, e assim por diante, com números crescentes. Para ele, essa marca é o resultado do grande trabalho desenvolvido pela Agência e suas emissoras de rádio e TV, de buscar novas plataformas para transmitir suas programações, conquistando e fidelizando um novo público que hoje está muito mais ligado nas redes sociais.

Comunicação do futuro

“É a comunicação do futuro e nós aqui da ABC estamos acompanhando as inovações tecnológicas e buscando nos adaptar às rápidas mudanças que têm ocorrido no setor”, enfatizou Reginaldo Júnior. Ele citou que, para reforçar a atuação na área de conteúdos digitais, foi criada a ABC Digital e, mais recentemente, entrou em ação o novo Departamento de Multimídia, denominado de ABC Multimídia.

O responsável pelo Departamento de Multimídia, Rodrigo Mateus, também comemorou a marca de 100 mil seguidores no YouTube da TV Brasil Central e adiantou que mais conquistas certamente virão. “Nossa proposta é aumentar ainda mais o engajamento e o crescimento da oferta de informações jornalísticas e de entretenimento nas redes sociais, além de consolidar a plena integração de todo o trabalho que estão sendo realizado na atual gestão”, disse.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.