Caiado destaca esforço para equipar hospitais estaduais com UTIs para tratar pacientes da Covid-19

Em live para as emissoras da ABC, o governador informou que nesta quarta estará liberando leitos de UTI em Trindade; Porangatu, no eixo da BR-153, também preocupa

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Adriano Rocha Lima, e o governador Ronaldo Caiado, em live realizada pela ABC

Em live transmitida nesta segunda-feira, 25, o governador Ronaldo Caiado anunciou que amanhã estará em Trindade, às 9 horas, onde irá liberar leitos de UTI para o Hospital do município, destinados ao tratamento de pacientes da Covid-19 na Região Metropolitana de Goiânia. Informou que o Hospital de Campanha de Luziânia já está funcionando e já recebeu quatro pacientes de UTI (três de Valparaíso e um de Luziânia).

Disse ainda que agora busca equipar também o Hospital de Campanha (HCamp) de Águas Lindas de Goiás, também na Região do Entorno do DF. E chamou a atenção para a necessidade de uma unidade hospitalar aparelhada em Porangatu, no Norte do Estado, onde o eixo da BR-153 traz preocupação devido ao grande número de casos da doença registrado no Pará e no Tocantins. Ele agradeceu ao deputado federal Zacharias Calil, que por meio de emenda parlamentar, destinou R$ 7,915 milhões a Goiás, que já estão no caixa da Secretaria de Estado da Saúde.

A live foi apresentada por Daniel de Paula e contou com a participação do secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Adriano Rocha Lima. Confira alguns trechos:

Covid-19

Caiado informou a estatística da Covid-19 em Goiás relativa a esta segunda-feira, 25, quando os óbitos totalizaram 96. Ele lamentou o fato, mas disse que “infelizmente” eram casos mais graves da doença, e se solidarizou com os familiares. Os casos confirmados somaram 2.512, com destaque para Goiânia (1.208), Aparecida de Goiânia (264), Anápolis (119), Luziânia (56), Novo Gama (34), Planaltina (22), Formosa (19) e Valparaíso (84). Mais uma vez chamou a atenção para as cidades do Entorno do Distrito Federal, região que exige atenção e cuidado.

Minaçu

O governador lembrou que hoje se comemora o Dia da Indústria, data em que foi realizado evento com a assinatura de protocolo de investimento em Goiás por parte de 24 empresas que vão se instalar em 19 cidades goianas. Anunciou também que, no último dia 21, a mineradora Serra Verde teve emitida a licença para a supressão de vegetação na área onde irá se instalar em Minaçu para a extração de terras raras, minérios importantes na fabricação de equipamentos de alta tecnologia. Assim, após o fechamento da mina de amianto, essa nova atividade mineradora vai contribuir para a geração de empregos no município, comemorou Caiado.

Monitoramento

O titular da Sedi, Adriano Rocha Lima, disse que a Pasta utiliza uma série de ferramentas para monitorar o comportamento da população goiana diante das medidas de isolamento social para se evitar a propagação do novo coronavírus no Estado. São analisados aplicativos de celular, a RedeMob do transporte coletivo, o fluxo de veículos nas estradas, as vendas registradas nos supermercados, o movimento nos parques, o consumo de energia elétrica em cada uma das categorias de clientes, entre outros. Ele lamentou que o índice de contaminação da Covid-19 esteja crescendo com maior velocidade no Estado. Segundo o secretário, isso é preocupante, pois o sistema hospitalar corre o risco de não conseguir atender todos os pacientes acometidos da doença.

Festa de Trindade

Ronaldo Caiado explicou porque o mais prudente é não realizar a Festa de Trindade da forma tradicional este ano, conforme orientação dos epidemiologistas. E isso foi conversado com o Padre Robson. “É o terceiro maior evento religioso do País, com 3,5 milhões de romeiros vindos de todos os Estados, 350 mil pessoas por dia”, citou. E geralmente os romeiros participam da festa para pagar promessa, muitos passaram por cirurgia ou ficaram doentes e, portanto, são do grupo de risco da Covid-19. “Não podemos, de maneira nenhuma, sermos disseminadores do processo de contaminação da população”, ressaltou.

Campus Party Virtual

O secretário Adriano Rocha Lima aproveitou para anunciar que a segunda edição do Campus Party Goiás, que estava agendada para o mês de agosto, será realizada no início de julho, numa versão virtual. “Vai ser a primeira vez, o mundo inteiro conectado, os maiores especialistas de tecnologia. E Goiás vai ter espaço para desenvolver e interagir com o mundo inteiro virtualmente, fazendo hackathons, que são aquelas maratonas de desenvolvimento, resolvendo problemas públicos, sociais, e eventualmente do coronavírus”, afirmou.

A live pode ser vista na íntegra na página da TV Brasil Central no Facebook.

ABC Digital