Busca por teste de Covid no Ipasgo aumenta mais de 500%

Com o rápido crescimento da demanda, órgão ampliou equipe de análises e adotou novos procedimentos para acelerar as liberações

Somente em janeiro deste ano, o Instituto de Assistência dos Servidores Públicos de Goiás (Ipasgo) registrou 30 mil pedidos de testes para detecção de Covid-19 (do tipo RT-PCR). O número é 521% maior do que o total solicitado em dezembro passado, quando foram realizados 4,8 mil exames. Os testes são autorizados na rede credenciada do Instituto.

O número de testes da doença neste início de ano também representa um aumento de 222% em relação à média mensal de autorizações do procedimento ao longo de 2021. O levantamento do Ipasgo aponta ainda que a procura pelo teste em janeiro foi maior do que no auge da segunda onda da pandemia no ano passado.

Em entrevista ao Jornal Brasil Central Edição da Noite desta terça-feira (15), o diretor de Assistência do Ipasgo, Guilhermo Sócrates, disse que o volume de pedidos de testes surpreendeu, o que levou o órgão a ampliar a equipe que faz a análise dos pedidos e adotar novos procedimentos na avaliação dessas solicitações, incluindo liberações automáticas em muitos casos.  

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.