Brasil Central ressalta opinião do próximo ministro sobre avanços na educação em Goiás

Camilo Santana, que será ministro da Educação do governo Lula, elogiou a educação que é feita em Goiás, com o uso da tecnologia

Reportagem da Brasil Central mostrou que a educação em Goiás avançou muito nos últimos quatro anos, contando com investimentos de mais de R$ 5 bilhões em equipamentos, informatização, pessoal, em qualificação e valorização dos professores e demais funcionários. Foram distribuídos 75 mil chromebooks e dadas ajuda de custo de R$ 100,00 aos alunos. Em função desses avanços, o próximo ministro da Educação, escolhido pelo presidente eleito Lula, Camilo Santana, elogiou a educação que é feita em Goiás, com o uso da tecnologia.

Esse elogio foi ressaltado pela superintendente de Organização e Atendimento Educacional da Secretaria da Educação (Seduc), Patrícia Morais Coutinho, como sendo muito válido e muito importante, “pois reconhece um trabalho que o governo de Goiás vem fazendo junto com a Secretária de Educação do Estado”. Segundo ela, o planejamento é feito hoje para que os benefícios de informatização alcancem todo o ensino médio ao longo da próxima gestão do governo de Goiás, assinalando as ações importantes realizadas nesse campo para o avanço na aprendizagem, como o Portal Net Escola, o Ser Goiás, e o Goiás Tec, para os estudantes de regiões mais vulneráveis.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.