Boa Noite Goiás traz debate sobre política goiana e nacional

Paulo Beringhs conversou com os jornalistas Cloves Reges Maia e Jean Paul Lopes sobre como está a política goiana hoje e quais as possibilidades dos principais nome do cenário estadual para a sucessão em 2022. O governo do presidente Jair Bolsonaro também foi debatido

No programa Boa Noite Goiás especial, que foi ao ar às 23 horas do domingo, 4, o apresentador Paulo Beringhs conversou com o jornalista e blogueiro Cloves Reges Maia e o jornalista Jean Paul Lopes, e, diferentemente do que é a praxe do  programa, desta vez o tema foi totalmente voltado para a política e não sobre a vida pessoal de cada um deles. A conversa começou com Cloves fazendo um apanhado sobre a política goiana, especialmente com relação à sucessão estadual do ano que vem, como está essa movimentação e o que os partidos estão fazendo para se cacifar.

“Os partidos estão de olho, sim, numa possível candidatura do governador Ronaldo Caiado que hoje é a mais forte com vistas a 2022. É natural que esses partidos, embora não anunciem, transitem e trabalhem nessa perspectiva de ter um lugar numa chapa majoritária com Ronaldo Caiado”, afirmou Cloves, assinalando que um partido como o PMDB, que hoje não tem um peso político muito grande, mas tem um peso histórico, vai querer influenciar até mesmo lançando um candidato próprio.

Jean, inicialmente, foi inquirido sobre o assunto política goiana e disse que no momento o fato curioso e que o deixa interessado se refere ao MDB. “Iris Rezende, homem forte do MDB, manifestou o desejo e até uma certa simpatia em apoiar Ronaldo Caiado. Já tem alguma coisa estipulada nesse sentido. Daniel Vilela é o grande nome do MDB hoje, depois do falecimento do seu pai. E temos a figura do Gustavo Mendanha, que está querendo pleitear o cargo de candidato do MDB. Uma vez ele não conseguindo, e parece que não vai conseguir, segundo as conversas dos bastidores, estaria articulando inclusive ir para um partido da oposição, o PSDB, por exemplo. Mas como disse o Cloves, o grande favorito é o governador Ronaldo Caiado, que faz uma administração muito boa e com grande aceitação popular”, assinalou.

Ronaldo Caiado

Cloves Reges afirmou que a avaliação do governo de Ronaldo Caiado hoje é muito boa e não vai ser fácil para ninguém batê-lo nas urnas no ano que vem e por isso acha que Gustavo Mendanha deve esperar uma outra oportunidade para se candidatar a governador. “É muito difícil bater Ronaldo Caiado hoje e não sou eu que digo isso não, o Vilmar Rocha e o Elias Vaz disseram isso. Então Ronaldo Caiado hoje é muito difícil de ser batido numa eleição para governador”, confirmou.

No segundo bloco do programa, as discussões foram sobre o governo do presidente Jair Bolsonaro e esquentaram quando os temas foram para a pandemia e a corrupção, com Cloves Reges criticando a atuação do presidente Bolsonaro e Jean Lopes se posicionando como defensor da atual administração do país. Falaram também sobre a possibilidade de candidatura de Marconi Perillo em 2022, apontando as dificuldades que ele deverá enfrentar.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.