Aplicativo de gestão do Transporte Escolar vai rastrear rotas e reduzir gastos

A tecnologia desenvolvida pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) deve estar em pleno funcionamento em 2023

O governador Ronaldo Caiado, em visita à Secretaria de Estado da Educação (Seduc), conheceu na última sexta-feira (2) o Sistema Transcolar Rural, uma ferramenta de gestão do programa Transporte Escolar que deve ser implementado pela pasta a partir do ano que vem. A nova tecnologia vai rastrear a frota de ônibus via georeferenciamento (GPS), com acompanhamento de rotas e quilometragem. O objetivo é aumentar a segurança dos estudantes e utilizar melhor os recursos destinados ao programa. A matéria foi exibida no O Mundo em Sua Casa desta segunda-feira (5).

Desenvolvido pela Universidade Federal de Minhas Gerais (UFMG), o Transcolar Rural já foi adotado em outros Estados como Mato Grosso, Espírito Santo, Pará, Pernambuco e Minas Gerais. Os veículos passam a ser monitorados em tempo real, via internet, e atenderão mais de 50 mil estudantes somente de escolas públicas estaduais que moram na zona rural. De 2019 pra cá, o governo de Goiás destinou R$ 695 milhões ao transporte escolar. Em 2022, o governo aumentou em 40% os repasses às prefeituras em reajuste aos valores que não eram atualizados desde 2017. Além disso, no início da gestão, foram quitadas seis parcelas deixadas em atraso pela gestão anterior no valor de R$ 72 milhões.

Agora, o próximo passo a ser dado é melhorar o transporte em parceira com as prefeituras. “É importante que haja engajamento dos dois lados, pois temos alunos da rede estadual e municipal. Precisamos de convergência de dados para que não tenha acúmulo de gastos sobre a mesma linha, é isso que eu vou buscar agora, disse o governador Ronaldo Caiado. O gestor disse, ainda, que pedirá audiência com a Federal Goiana dos Municípios (FGM) e com a Associação Goiana dos Municípios (AGM).

Outras ações

O Sistema Transcolar Rural se soma a outras ações do estado na área de educação. Uma outra novidade é o apoio que o governo já está dando para as prefeituras com a distribuição de kits escolares. “Hoje estamos entregando [os kits] para todos os municípios que pactuaram com o programa para começarem o ano que vem com tudo na mão do professor e do aluno”, comemorou Gisele Faria, superintendente de Educação Infantil e Ensino Fundamental. Outros números importantes da pasta foram apresentados. Algumas demandas foram repassadas ao governador para que a secretaria com maior investimento na gestão continue colhendo bons resultados.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.