Anápolis já cadastra pessoas acima de 40 anos para vacinação

Secretário de Saúde, Júlio César Spíndola informou que o município já cadastrou mais de 13 mil pessoas na faixa etária entre 40 e 49 anos para vacinação contra a Covid-19, obedecendo a um planejamento que exclui desse número das pessoas já vacinadas por outros motivos

Em entrevista hoje, 9, ao Jornal Brasil Central, o secretário de Saúde de Anápolis, Júlio César Spíndola, informou que a cidade já cadastrou mais de 13 mil pessoas para serem vacinadas contra a Covid-19 no município e agora espera apenas a chegada de mais vacinas para imunizar com a primeira dose essas pessoas. Segundo ele, Anápolis já está vacinando as pessoas acima de 50 anos de idade e para isso tem 9.431 doses da Pfizer e 1.420 da AstraZeneca, enquanto que para a segunda dose restam pouco mais de 500 doses.

Pelo que disse, o sucesso de Anápolis na vacinação conta com as variantes do planejamento, da disposição e da inteligência. “Entendemos que a vacina chegando temos que dar andamento para não deixá-la na geladeira, precisa ser aplicada. Assim que chegam vamos incluindo novas faixas etárias e imunizando também as pessoas dos grupos predeterminados, as comorbidades, os aeroviários, os portuários do Porto Seco, profissionais da saúde, educação. Quando pegamos uma faixa etária, por exemplo, de 59 anos, vamos analisando aquelas pessoas que já foram vacinadas por terem comorbidades ou pertencerem a esses outros grupos que já estavam sendo vacinados, e assim vamos avançando”, assinalou.

Confirmou que já está vacinando hoje em Anápolis pessoas acima dos 50 anos e com cadastro em aberto para pessoas acima de 40 anos, “para entendermos qual o quantitativo desse grupo populacional e podermos planejar melhor, diluindo nessas idades”. Disse que faz o cadastramento prévio para justamente saber quem dessa faixa etária já foi imunizada e aí tem-se um número mais preciso, para um melhor balizamento.

“Neste momento, cadastrados de 40 a 44 anos temos 6.812 pessoas e, de 45 a 49 anos, 6.753 pessoas. Então, dá mais de 13 mil pessoas, entre 40 e 49 anos”, afirmou o secretário Júlio César, observando que a progressão da idade vai acontecendo, com precisão, a partir do momento em que chegam mais doses ao município. “Mas para saber dessas idades precisamos ter o quantitativo de doses e aí planejar para a próxima semana”, assinalou.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.