Alego aprova, em 1ª votação, projeto que faz ajustes na LDO

Sessão extraordinária foi convocada pelo governador Ronaldo Caiado

A equipe de reportagem da Brasil Central acompanhou, nesta segunda-feira (16), sessão extraordinária da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) convocada pelo governador Ronaldo Caiado. Em documento enviado ao Poder Legislativo, Caiado esclarece que a convocação extra foi solicitada para que fosse apreciada alteração na lei que trata sobre as diretrizes para a elaboração e a execução orçamentária referente a 2023.

O líder do governo na Alego, deputado Bruno Peixoto, ressaltou que a convocação do governador foi para a adequação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO 2023). “Apenas uma adequação ao orçamento, nada mais do que isso.” A proposta visa contemplar no projeto, já protocolado na Alego, os acréscimos de despesas do pessoal dos Tribunais de Contas do Estado e dos Municípios, e da própria Assembleia.

Para que seja apta a seguir para a sanção do governador Ronaldo Caiado, a matéria tem que ser aprovada pelo plenário em duas fases de discussão e votação. São necessários 21 votos favoráveis em cada uma das votações, para que o projeto seja aprovado pela Assembleia Legislativa.

ABC Digital
 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.