Agehab espera entregar de 12 mil a 15 mil escrituras até 2022

Em entrevista ao TBC2, presidente Lucas Fernandes disse que o programa de regularização fundiária poderá avançar com o apoio de recursos do Fundo Protege e a aprovação de projeto de lei que tramita na Alego

Até o ano de 2022, o Governo de Goiás, por meio de Agência Goiana de Habitação (Agehab), tem a expectativa de entregar de 12 mil a 15 mil escrituras para famílias goianas que convivem há anos com a incerteza de não ter a propriedade de sua casa devidamente documentada. A afirmação é do presidente da Agehab, Lucas Fernandes, que esteve nesta quinta-feira, 26, no estúdio do TBC2.

Em entrevista concedida ao apresentador Guilherme Rigonato, o presidente da Agehab comentou o sentimento de satisfação na entrega de escrituras a 695 famílias da Região Noroeste de Goiânia, durante solenidade realizada nesta quinta-feira, com a presença do governador Ronaldo Caiado. Acrescentou que “isso traz muita alegria, uma satisfação de poder realizar sonhos e concretizar ideais de famílias, que tanto dependem da mão amiga do Estado”.

Projeto amplo

Conforme Lucas, o governador determinou à Agehab avançar com a regularização fundiária em todo o Estado. E ressaltou que isso será possível, com o apoio de recursos financeiros do Fundo Protege, o fundo social do Governo do Estado. Também será importante a aprovação, pela Assembleia Legislativa, de projeto de lei sobre o assunto. Explicou que é um “um projeto amplo, para condicionar a regularização fundiária de maneira menos ‘burrocrática’ aqui em Goiás”.

E declarou: “Esperamos que, com o apoio do Fundo Protege e com essa nova lei, caso ela seja aprovada pela Assembleia Legislativa, nós tenhamos plena condição de avançarmos nesse projeto social da alta relevância.” Segundo ele, no ano passado foram entregues 2 mil escrituras, e para este ano a estimativa é superar mil. Lembrou que a Agehab não atua só na Região Noroeste de Goiânia, mas em todo o Estado.

Lucas Fernandes falou sobre as regras para ser beneficiado pelo programa de regularização fundiária, citou outros municípios goianos atendidos pelo programa, e informou os contatos da Agehab para mais informações: o site www.agehab.go.gov.br e o telefone (62) 3096-5000. Discorreu ainda sobre a construção de novas unidades habitacionais no Estado para atender as famílias de baixa renda.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.