Ações da Polícia Civil recuperam rebanhos e máquinas pesadas

Monitoramento de propriedades rurais realizado pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais cresceu mais de 3.200%

Entre julho de 2021 e novembro de 2022 a Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais (DERCR), conseguiu recuperar R$ 21 milhões em cabeças de gados, defensivos agrícolas, fertilizantes e maquinários, através de operações realizadas para manter a segurança no campo. Foi o que mostrou a matéria veiculada no O Mundo Em Sua Casa desta sexta-feira (25).

A delegada titular da DERCR, Rafaela Azzi, conta como foi possível alcançar números tão positivos. “Nós temos nas maiores cidades do estado pessoal capacitado para atuar na repressão. Sempre há um delegado, escrivão e agentes de polícia. E os números são o reflexo disso”, comentou. O investimento em segurança pública rural resultou na diminuição das queixas de furtos e roubos em propriedades rurais. De acordo com a Polícia Civil, somente neste ano, 50 operações foram realizadas e 57 pessoas presas.

“A delegacia hoje deposita muita fé de que o projeto da CNA [Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil] de registro de maquinários por meio do Renagro [Registro Nacional de Tratores e Máquinas Agrícolas], um aplicativo que foi desenvolvido para que o produtor rural voluntariamente cadastre o maquinário dele, seja um grande facilitador na repressão aos crimes rurais. Nós estamos falando de pessoas que perpetraram furto, roubo, que estão envolvidos em associações criminosas cujo único objetivo é fazer a subtração de maquinário, defensivo e gados desses produtores”, finalizou a delegada.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.