“Não é hora de relaxar”, diz secretário da Segurança Pública sobre a pandemia

Rodney Miranda afirmou em live que pessoal das forças de segurança do Estado, além do combate à criminalidade, está executando ações contra o novo coronavírus

O secretário da Segurança Pública, Rodney Miranda, e o apresentador Daniel de Paula, em live realizada pela ABC

“Não é hora de relaxar”. Este foi o apelo à população feito pelo secretário da Segurança Pública, Rodney Miranda, em live realizada nesta sexta-feira, 15, direto do Palácio das Esmeraldas para as emissoras da Agência Brasil Central (ABC). A apresentação foi de Daniel de Paula. Segundo Rodney, o número de casos da Covid-19 registrados em Goiás, proporcionalmente, é menor do que em outros Estados, mas isso é fruto da política de isolamento social adotada pelos goianos no passado. 

O secretário disse que o pessoal das forças de segurança de Goiás, mesmo com a pandemia, segue firme no combate à criminalidade. E ainda tem desenvolvido ações contra a propagação do novo coronavírus e de apoio à política social do Governo Estadual. Confira alguns trechos da live:

Cestas básicas

Policiais militares e bombeiros têm atuado, de forma voluntária, na distribuição de cestas básicas às famílias mais vulneráveis, em apoio à Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e ao Gabinete de Políticas Sociais do Governo Estadual. Nos últimos dias, eles entregaram as cestas, de casa em casa, para evitar aglomerações, beneficiando moradores de municípios da Região do Entorno do Distrito Federal. Já foram distribuídas mais de 130 mil cestas básicas em todo o Estado.

Outras ações

Rodney Miranda citou que os detentos do sistema prisional já confeccionaram 214 mil máscaras faciais para o uso dos profissionais da Segurança Pública e de outros órgãos estaduais. Peritos engenheiros da Superintendência Técnica e Científica da Polícia Civil recuperaram 20 ventiladores que vão equipar o hospital de Luziânia. O Procon tem realizado fiscalização para coibir o aumento abusivo de preços e a venda de produtos irregulares ou com prazo de validade vencido. 

Defesa do consumidor e fake news

Uma força-tarefa do Procon com a Delegacia do Consumidor já estourou fábricas clandestinas de produção de álcool em gel e de máscaras fora da especificação, lembrou Rodney Miranda. Outra vertente de ação informada por ele é o combate à proliferação das fake news relativas à Covid-19, “que são terríveis nesta época, trazendo notícias falsas, trazendo pânico, confundindo a população”. O secretário disse que tem uma frente dentro da Polícia Civil trabalhando nessa área.

Carreatas

A respeito das carreatas realizadas em favor da abertura total das atividades econômicas neste momento de pandemia, o secretário lembrou que a Constituição garante o direito de livre expressão. Acrescentou que havia uma decisão judicial que proibia carreatas no atual momento por causa das aglomerações, mas ela valeu até dia 30 de abril último e não foi renovada. “Então, hoje o que nós podemos fazer é acompanhar (a carreata) para a manutenção da ordem e, dentro do possível, tentar orientar para se evitar aglomerações”, pontuou.

Detentos

Rodney Miranda disse que hoje não existe nenhum detento em Goiás com Covid-19. E lamentou a decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que determinou que os presos do regime semiaberto fossem liberados para ir para casa, devido à pandemia. Em Goiás, informou, 1.520 detentos foram beneficiados com a medida. Entretanto, ele ponderou que essas pessoas podem não respeitar o isolamento social e ir para as ruas, e correm o risco de se contaminar com o novo coronavírus. Disse que os secretários de Segurança Pública foram contrários ao parecer que orientou a determinação do CNJ.

Pessoal da segurança contaminado

O secretário informou que a Segurança Pública tem hoje em torno de 50 servidores afastados de suas atividades, em quarentena, porque tiveram contato com uma pessoa contaminada com a Covid-19. Mas nenhum deles apresenta caso de maior gravidade, garantiu. Ele lembrou que o cronograma da vacinação contra influenza e H1N1 foi antecipado em Goiás para os servidores da Segurança Pública, que foram imunizados junto com os colegas da Saúde, medida considerada importante.

A íntegra da live está disponível na página da TV Brasil Central no Facebook.

ABC Digital