HOME

INSTITUCIONAL

DIÁRIO OFICIAL

TV BRASIL CENTRAL

Notícia

Assembleia Legislativa realiza sessão especial para homenagear a Associação Goiana de Imprensa
Publicado em: 2019-09-11 08:35:07

A Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) realizou, na noite desta terça-feira, 10, sessão especial extraordinária em homenagem aos 85 anos da Associação Goiana de Imprensa (AGI). Proposta pelo deputado Virmondes Cruvinel (Cidadania), a solenidade é em reconhecimento aos serviços prestados pela AGI no desenvolvimento do Estado de Goiás, notadamente na área da comunicação.

Foi concedido ainda o Certificado de Honra ao Mérito Legislativo a 74 profissionais da imprensa goiana. Uma das profissionais homenageadas foi a jornalista Elizeth Araújo, diretora de Telerradiodifusão, Imprensa Oficial e Site da Agência Brasil Central (ABC).

Virmondes Cruvinel inaugurou os discursos da tribuna, destacando a contribuição da imprensa na redemocratização do Brasil. O parlamentar frisou a importância de resgatar o evento desta noite, no qual teve a felicidade de poder fazer o registro do papel histórico do profissional de imprensa, que teve seus momentos de luta, conquistas e travessias na jornada política, principalmente na retomada da democracia no Brasil e com avanços no advento da internet e redes sociais.

“Dessa maneira, ao passar por tudo isso, podemos perceber que a qualidade da comunicação, a notícia chegando onde a pessoa está, permite a sociedade ser melhor, uma sociedade que opina e tem seu ponto de vista, respeitando diferenças partidárias, filosóficas, ideológicas e assim por diante”, enfatizou.

O deputado falou, ainda, que por tudo que representa para a sociedade e pela caminhada que a profissão teve é importantíssimo reforçar o papel dos profissionais de imprensa, sua luta e participação na vida pública, sempre se pautando pela comunicação de qualidade, bom diálogo e combatendo fake news.

“Trazer a boa notícia resgata capacidade, conhecimento e preparo. Por isso, em nome da Assembleia, resgato o compromisso e o respeito desta Casa pela imprensa, a admiração pelo trabalho e a compreensão da dimensão dos trabalhadores da área. As portas estão sempre abertas para o bom debate”, concluiu.

O presidente da Alego, deputado Lissauer Vieira (PSD), também subiu à tribuna para render homenagens ao aniversário da entidade. Ele ressaltou a importância de se valorizar os profissionais de imprensa e apontou a transparência como marca de sua gestão à frente da Casa de Leis.

O presidente disse que saber valorizar os profissionais de imprensa do Estado é saber valorizar a história do Estado de Goiás. “É compreender que através da imprensa se tem informação com credibilidade e a transparência. Eu sei que a trajetória da AGI se confunde com história e com o desenvolvimento do nosso Estado”.

Ainda, aproveitou para parabenizar o deputado Virmondes Cruvinel pela propositura, homenageando os profissionais da área e comemorando o aniversário da Associação. Lembrou também que sua trajetória pública começou como Secretário de Comunicação em Rio Verde, onde foi conduzido pelos profissionais de imprensa da cidade.

“Eu sei a importância de valorizar o trabalho profissional de cada um aqui esta noite, no desenvolvimento e informação de Goiás. É preciso ainda reconhecer o profissional de imprensa que trabalha dia e noite, com transparência, segurança, seriedade e credibilidade. Fico muito feliz de estar aqui em reconhecimento a cada homenageado”, enfatizou Lissauer.

Por fim, o presidente da Casa lembrou da reformulação da TV Alego, que passa por uma reforma geral, para levar mais informação e credibilidade a toda população de Goiás. Ainda, o parlamentar prestou uma homenagem aos servidores que trabalham nos meios de comunicação da Assembleia, como TV Alego e Agência de Notícias.
“A comunicação também faz parte da transparência que queremos e estamos implementando na nossa gestão. Parabéns a todos os homenageados e a toda imprensa goiana. Boa noite a todos”, encerrou.

Agradecimentos

O presidente da Associação Goiana de Imprensa (AGI), Valterli Leite Guedes, subiu à tribuna do Plenário Getulino Artiaga para falar em nome da entidade. Em seu discurso, ele disse que para todos da AGI é um momento de satisfação e alegria poder confraternizar com tantos comunicadores, na Assembleia Legislativa. Mais ainda quando a associação completa 85 anos de existência, tendo sido fundada em 10 de setembro de 1934, na Cidade de Goiás.

“Não somos um País com tradição de liberdade e sim com tradição de autoritarismo, mas sempre existiu a busca por essa liberdade, principalmente pelos profissionais de imprensa. Nossa história é de defesa da dignidade desse profissional, de defesa da liberdade pública, de opinião e informação, que são a essência da democracia”, apontou o jornalista.

Valterli aproveitou ainda para agradecer ao presidente da Casa, deputado Lissauer Vieira (PSD), e ao deputado Virmondes pela homenagem. “Muito obrigado a todos vocês, em nome de todos da Associação Goiana de Imprensa”, concluiu.

Já o historiador e doutor em Agronomia, Nilson Gomes Jaime, representou os homenageados em discurso da tribuna. Ele lembrou que na década de 70, em Palmeiras de Goiás, entre os 8 e 13 anos, um garoto vivia com os braços sujos de tinta fresca do jornal do dia. “Até hoje lembro do cheiro dessa tinta fresca”, disse. Ainda, contou que da mesma cidade que a sua saiu grandes nomes da imprensa goiana como Gercino Monteiro Guimarães (um dos fundadores da Academia Goiana de Letras), Jarbas Jaime, José Luís Bittencourt e Modesto Gomes.

“O que eu não sabia era que naquelas tintas pretas estavam o sangue de tantos jornalistas torturados durante o Regime Militar. Para cada palavra composta em tipos móveis havia dezenas de outras que não foram escritas, fruto do arbítrio e ditames de um regime antidemocrático. Havia ainda palavras impostas. Foi contra todos esses desmandos que surgiu a AGI”, ponderou Nilson Jaime.

Ainda, o historiador recordou que a imprensa goiana teve início com o sonho de dois visionários meiapontences. Em 1829, o presidente da província de Goiás, Marechal Miguel de Moraes, encaminhou ao Governo Imperial a solicitação para instalação de uma tipografia em Vila Boa, Capital da Província. Com o pedido negado, o comandante geral do Julgado de Meia Ponte, Comendador Joaquim Alves de Oliveira, adquiriu, às suas expensas, uma tipografia instalada em Meia Ponte.

“Em 5 de março de 1830 nascia o primeiro jornal de Goiás, denominado Matutina Meiapontense. Era seu editor o padre Luís Gonzaga Camargo de Fleury, meu trisavô. O jornal, de ideário iluminista, circulava três vezes por semana em Goiás, Mato Grosso e Minas Gerais”, relatou.

Por fim, Nilson Jaime disse que neste dia, quando a AGI completa exatos 85 anos, a Assembleia Legislativa homenageia a entidade, além de profissionais de destaque na área, e dá mostra de reconhecer os valores capitais que norteiam a liberdade de expressão e comunicação.

“Em nome do todos os homenageados e de todas as entidades culturais aqui representadas deixo patente nossa satisfação e honra em receber essa homenagem. A todos os deputados que votaram a propositura e à Mesa Diretora o nosso muito obrigado” finalizou.

Foto: Carlos Costa - Site da Alego
FONTE: Site da Alego

   

ABC- Agência Brasil Central. Rua SC-01, nº 299, Parque Santa Cruz, Goiânia - GO CEP: 74.860-270 Fone: (62) 3201-7600
© Copyright 2015. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Agência Brasil Central.

Privado