HOME

INSTITUCIONAL

DIÁRIO OFICIAL

TV BRASIL CENTRAL

Notícia

Governador Caiado promete atenção especial à Região do Entorno do Distrito Federal
Publicado em: 2019-06-14 16:41:36

Ele informou que, a partir de julho próximo, ele e a estrutura do governo do Estado passarão três dias a cada mês em uma cidade da região, trabalhando para melhorar a qualidade de vida da população local

O governador Ronaldo Caiado afirmou nesta sexta-feira, 14, que, na área da Segurança Pública, a Região do Entorno do Distrito Federal terá atenção especial durante sua gestão. Segundo ele, a partir de julho, pretende passar dois a três dias por mês, acompanhado de toda a estrutura governamental, em uma cidade do Entorno para conhecer os problemas locais e tomar as medidas necessárias com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos moradores daquela região.
A declaração do governador foi feita durante entrevista que ele concedeu a um grupo de jornalistas do Clube de Repórteres Políticos de Goiás no Fala Goiás em Rede da Rádio Brasil Central AM e RBC FM. O programa é apresentado por Josiel Meneses, com a participação de Delesmano Alves.
Caiado falou sobre os problemas do Entorno do DF nas áreas de segurança pública e de abastecimento de água, ao responder a pergunta do editor geral do Diário da Manhã e integrante do Clube de Repórteres Políticos, Welligton Carlos. Ele citou outra região goiana alvo de suas ações sociais, o Nordeste Goiano, lembrando que os 10 municípios mais pobres desta região têm mais de 7 mil analfabetos. “Vamos lançar um projeto, nos próximos dias, para alfabetizar essas pessoas que foram cadastradas”, adiantou.

Executivo

O presidente do Clube dos Repórteres Políticos, Ulisses Aesse, abriu a sessão de perguntas questionando o governador sobre como ele se sentia mudando de legislador para gestor público, após ser eleito governador de Goiás. Caiado disse que é uma situação “desafiadora”. Mas lembrou que já havia sido candidato a presidente da República, em 1989, e depois construiu uma carreira no Legislativo – como deputado federal e senador.
“O perigo do Executivo é a vaidade e a arrogância”, afirmou, apontando o fato de ser do chefe do Executivo a decisão final, enquanto o parlamentar precisa convencer seus pares e obter apoio deles para suas propostas. Mas destacou que, como governador, buscou escolher os melhores especialistas em cada área para serem seus assessores e costuma ouvi-los atentamente para tomar decisões. “O foco do Governo Caiado é o cidadão, não é outdoors ou obras faraônicas”, salientou.

Esporte
O assessor de imprensa da Assembleia Legislativa e integrante do Clube de Repórteres Políticos, João Nascimento, cumprimentou o governador pela recriação da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer. E perguntou como será a política dele para este setor. Caiado citou o caso do Estádio Serra Dourada, que em poucos meses já teve seu perfil mudado. “O Goiás Esporte Clube tem nos ajudado, assim como parcerias com prefeituras, Sebrae e Sistema S”, afirmou. Ele citou ainda o projeto Viva a Praça Cívica, como um resgate deste local de lazer para os goianienses nos fins de semana.
O presidente a Associação Goiana de Imprensa (AGI), Valterli Guedes, questionou o governador sobre como ele avaliava a questão das contas bancárias dos servidores estaduais, geralmente leiloadas pelos governos para instituições financeiras. Ao responder, Caiado lembrou que os bancos oficiais federais cobram altas taxas de juros. Por isso, defendeu que as cooperativas de crédito fossem reconhecidas pelo Banco Central, pois elas oferecem taxas menores e têm mais respeito com o cidadão. O Governo de Goiás, informou, paga em um empréstimo da Caixa uma taxa de 147,5% do CDI, apontada por ele como elevada.

Relação com o governo federal
O jornalista Divino Olavo, responsável pela coluna de política Notícia Pura do Jornal Diário Central, citou as inúmeras visitas do governador Ronaldo Caiado a Brasília e perguntou se isso sinaliza auxílio para as demandas de Goiás. “Estou extremamente ativo em Brasília, já dissemos para o ministro (da Economia) Paulo Guedes, que fizemos nosso dever de casa, mas não tivemos a reciprocidade na data esperada, que era abril. O projeto Mansueto é cheio de exigências, e sem objetividade alguma”, reclamou.
Caiado afirmou que colocou a proposta de destinar 30% dos recursos dos fundos constitucionais, como é o caso do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO), para obras de investimentos nos Estados. Entretanto está havendo muita gritaria. Essa nova linha de crédito, defendeu, contribuiria para diminuir as desigualdades regionais.
“Tenho cobrado que falta objetividade do governo federal”, disse o governador. Embora tenha destacado o apoio do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, com o aporte de recursos para a área em Goiás, e a decisão do presidente Jair Bolsonaro de privatizar a operação da Ferrovia Norte-Sul e fazer o lançamento de outra linha férrea em Anápolis. “Estou em Brasília porque posso queimar capital político para defender meu Estado”, ressaltou. E acrescentou: “Não tenho dado paz a eles. Tenho sido assíduo e objetivo”.

Próximas eleições

O editor de Política do jornal Diário de Manhã, Helton Lenine, questionou o governador sobre seus planos para as próximas eleições. Caiado ponderou que o modelo político brasileiro está tendo uma virada significativa, a população se mostra hoje atenta aos assuntos políticos e cobra resultados, além de transparência nas ações governamentais.
Disse que sua proposta é continuar na vida política, “fazendo a boa política, com transparência”. Por isso, tudo dependerá do resultado do seu trabalho, “pois não é a máquina partidária ou a estrutura de governo que vai dar suporte para o político (nas próximas eleições)”, avaliou ele.
O programa Fala Goiás em Rede, com a participação do governador Ronaldo Caiado, foi transmitido por 29 rádios de cidades do interior do Estado e será retransmitido, em outro horário, por outras seis emissoras de rádio. O conteúdo também será postado em 15 sites e blogs de notícias, assim como nos sites e redes sociais da Agência Brasil Central (ABC).

   

ABC- Agência Brasil Central. Rua SC-01, nº 299, Parque Santa Cruz, Goiânia - GO CEP: 74.860-270 Fone: (62) 3201-7600
© Copyright 2015. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Agência Brasil Central.

Privado