HOME

INSTITUCIONAL

DIÁRIO OFICIAL

TV BRASIL CENTRAL

Notícia

Fisioterapia do Hugol oferece suporte eficiente na recuperação de acidentados
Publicado em: 2018-01-17 10:26:47

As imprudências no trânsito ceifam vidas diariamente. Aqueles que não morrem no acidente, possuem uma chance de sobrevida ao serem encaminhados para unidades de saúde. Destes, uma parte não resiste e vai a óbito ainda em seus procedimentos iniciais. Entretanto, não encerra aí: os que conseguem sobreviver ainda possuem uma intensa jornada para restabelecer sua saúde física e psicossocial.

Buscando proporcionar uma assistência humanizada e integral aos pacientes vítimas de acidente de trânsito, e também de outros traumas, o Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) realiza um atendimento multidisciplinar. Dentre as áreas assistenciais, uma se destaca por possibilitar a reabilitação precoce das funções motoras, neurofuncionais e cardiorrespiratórias dos pacientes: a fisioterapia.

A Supervisora de Fisioterapia do Hugol, Geovana Rezio, explica que “o primeiro atendimento fisioterapêutico é realizado na Emergência do hospital, com o objetivo de oferecer suporte rápido e eficiente para os pacientes nas disfunções cardiorrespiratórias, principalmente nas primeiras horas após o acidente, evitando um possível agravamento no quadro clínico, mantendo os cuidados durante a internação até a alta hospitalar”.

Alessandro Magno e Silva, 45 anos (foto à direita), deu entrada no Hugol em 28 de novembro de 2017, e segue internado, vítima de um acidente na rodovia, em que foi atropelado por um veículo enquanto dirigia sua moto. O paciente narra que ficou muito grave, passando mais de vinte dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hugol e agora dá continuidade ao seu tratamento na clínica de internação. “Não conseguia mexer as pernas, os braços e nem nada. Devagar já estou me movimentando e com a fisioterapia vai melhorando. Quando tenho dor nas pernas, começo o alongamento, aí para”, explica Alessandro.

Otimização no tempo de recuperação do paciente
A assistência fisioterapêutica durante a internação hospitalar tem o foco de conceder maior autonomia aos pacientes. De acordo com o fisioterapeuta hospitalar do Hugol, Thiago Vasconcellos, “a estimulação precoce é uma política de atendimento da fisioterapia, em que utilizamos um conjunto de condutas para otimizar a qualidade e o tempo de recuperação do paciente. A prevenção das complicações advindas do imobilismo e a readaptação do paciente a sua nova condição física, são alguns dos focos primordiais na nossa abordagem”.

Silvano Neto (foto à esquerda), 36 anos, deu entrada no Hugol dia 30 de dezembro de 2017 e também já iniciou as atividades fisioterapêuticas. “Eu tinha um preconceito muito grande por hospital público, mas quando eu chequei aqui fui muito bem atendido, aqui é ótimo. Já melhorei os movimentos da minha perna, pois não estava conseguindo fazer nada”. O paciente conta ainda que com esse acidente de moto aprendeu que “tem que ter muito cuidado, um vacilo e você se machuca e fica na cama”.

O fisioterapeuta Vasconcellos ressalta que os principais resultados evidenciados por essa assistência são: a maior autonomia do paciente em suas atividades de vida diária; a readaptação do paciente a sua nova condição física e capacitação dos acompanhantes para as novas demandas do paciente; a redução das complicações advindas do tempo prolongado de internação; e redução do tempo de internação, acarretando também o aumento da satisfação dos usuários.

Fonte: Goiás Agora / Comunicação Hugol

   

ABC- Agência Brasil Central. Rua SC-01, nº 299, Parque Santa Cruz, Goiânia - GO CEP: 74.860-270 Fone: (62) 3201-7600
© Copyright 2015. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Agência Brasil Central.

Privado