HOME

INSTITUCIONAL

DIÁRIO OFICIAL

TV BRASIL CENTRAL

Notícia

Defesa sanitária vegetal coloca Goiás em posição de destaque
Publicado em: 2017-04-19 11:27:17

As ações da defesa sanitária vegetal promovidas pela Agrodefesa têm garantido ganhos à agricultura e à sociedade goiana, colocando o Estado de Goiás numa posição de destaque frente ao cenário nacional e internacional e assegurando a comercialização da produção de agricultores goianos. A citricultura é um exemplo. O valor bruto da produção gerada pela citricultura goiana é de aproximadamente R$ 1 bilhão. Conta, atualmente com uma área de 11 mil hectares, em 413 propriedades gerando milhares de empregos, e com perspectiva de crescimento geométrico. Em Goiás esta cadeia produtiva deve se transformar em uma das mais importantes, juntamente com outras espécies da fruticultura. Este crescimento tem, como um de seus principais pilares, as condições de sanidade vegetal.

O Estado de Goiás atestou recentemente seu Status Fitossanitário, reconhecido pelo Ministério da Agricultura como Área com Praga Ausente de Cancro Cítrico (Resolução n.º 2, de 14 de março de 2017 – Mapa publicada no Diário Oficial da União no dia 17/03/2017). Este reconhecimento possibilita a conquista de importantes mercados e, o crescimento constante da produção de laranja, limão, dentre outras espécies citrícolas. Goiás também é reconhecido como área ausente para outras importantes pragas da citricultura como HLB-Greenning e Mosca-da-Carambola (Bactrocera carambolae), espécie pertencente à família das moscas-das-frutas.

Esta conquista é compartilhada pelos diversos agentes da cadeia produtiva e, em especial à Agrodefesa, por meio da atuação dos fiscais estaduais agropecuários/engenheiros-agrônomos e agentes agropecuários/técnicos agropecuários que fazem o monitoramento e detecção de pragas de importância econômica, atestando, a sanidade e os requisitos necessários exigidos para a comercialização interna e externa da produção.

As medidas de prevenção adotadas seguem critérios estabelecidos pelas legislações fitossanitárias vigentes e do interesse público. Vai desde a inspeção/fiscalização em viveiros de produção de mudas, pomares até a fiscalização do trânsito intra e interestadual de modo a garantir a rastreabilidade de origem e atestar um produto vegetal idôneo e de qualidade para o mercado consumidor. Sempre que necessário, se faz a adoção de medidas cautelares como a destruição de mudas e plantas de citros que transitam “sem” a comprovação de sua origem e fora dos padrões exigidos pela legislação. Caso contrário, toda cadeia produtiva, os empregos e riquezas gerados estarão em risco.

Missão
A missão da Defesa Agropecuária é zelar pela proteção dos rebanhos e das lavouras em relação a pragas e doenças; da idoneidade dos insumos agropecuários (sementes, mudas, defensivos agrícolas, vacinas, medicamentos e outros), bem como, pela inspeção voltada à inocuidade e qualidade dos alimentos para a sociedade. O objetivo é certificar a produção agropecuária e seus subprodutos.

Assim tem seu foco voltado à segurança alimentar, à saúde das pessoas e para o fortalecimento da economia das regiões produtoras. Esta realidade só é possível graças a ação dos fiscais agropecuários, que têm como uma das ações mais importantes, evitar a entrada de novas pragas e doenças nas regiões produtoras de alimentos. Ou mesmo a reintrodução de pragas ou doenças já erradicadas.

   

ABC- Agência Brasil Central. Rua SC-01, nº 299, Parque Santa Cruz, Goiânia - GO CEP: 74.860-270 Fone: (62) 3201-7600
© Copyright 2015. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Agência Brasil Central.

Privado